• Home
  • /Equipe
  • /De olho no social: NetEye beneficia filantrópica
De olho no social: NetEye beneficia filantrópica

De olho no social: NetEye beneficia filantrópica

Licenças do software foram concedidas gratuitamente para entidade de Florianópolis

Por trás de uma instituição beneficente que atende mais de 30 mil pessoas ao ano, sua infraestrutura de TI. A Sociedade Espírita de Recuperação, Trabalho e Educação (Serte) conta com doações de computadores e poucos equipamentos de informática custeados internamente. Mas a escassez de recursos não era o único problema da Entidade, que buscava uma solução para a conduta inadequada dos colaboradores nas estações de trabalho.

Assim nasceu a parceria entre NetEye e Serte.

Há três anos, a Instituição faz uso gratuito do software desenvolvido pela empresa do Tecnosinos. São 35 licenças liberadas para o uso dos cinco módulos: inventáriomonitoramentosegurançaprodutividade e desempenho.

Roberto Polli da Silva, responsável pelo setor de tecnologia da Serte, relata que já havia testado outras ferramentas livres anteriormente. Estas apresentavam falhas e não ofereciam gerenciamento completo do parque de máquinas. Ao encontrar o NetEye, solicitou apoio via e-mail e foi respondido por Fábio Santini, diretor da empresa. “Em menos de 1 hora eu estava bloqueando acessos indevidos, criando regras para controlar tudo que eu queria e tendo em mãos relatórios que me davam a real situação de cada equipamento com poucos clicks do mouse”, relata Silva.

A realidade com que a Serte se deparava não é incomum. Trabalhadores distraídos por conteúdo pessoal na hora do expediente, visitando redes sociais e até mesmo sites pornográficos através do servidor. Tanto desvio no uso dos computadores prejudicava a produtividade da equipe e deixava a rede vulnerável a ameaças. Diversas vezes, Silva precisou derrubar a conexão local para restaurar equipamentos infectados por vírus.

Reverter este quadro exigiu a reeducação dos funcionários para uso dos PCs. “Minha missão é tentar melhorar a qualidade e agilidade dos colaboradores para que eles façam seus serviços de forma mais eficiente”, afirma Silva sobre a iniciativa de instalar o NetEye. De acordo com ele, o aviso prévio de monitoramento possibilita que os usuários sejam advertidos em relação ao seu desvio de atividade, desencorajando-os para as próximas tentativas.

Hoje a cultura da Serte mudou e Silva está praticamente zerado em ocorrências, ganhando tempo para outros projetos. “Os colaboradores estão cientes de que estão aqui para produzir para a Instituição, para os idosos e crianças assistidas”, conclui.

Fábio Santini destaca que a decisão de ceder as licenças está fundamentada nos valores da NetEye. “Nós acreditamos que uma sociedade só funciona com a cooperação dos indivíduos e organizações”. Filosofia reforçada no Vale do Silício, onde a empresa passou por um processo de aceleração. Lá, discute-se a importância do “give back”— compartilhar conhecimento com o próximo. “Já fomos ajudados, então nada mais justo do que devolvermos a gentileza quando surge uma oportunidade”, reflete.

A ação de responsabilidade social também concretiza um compromisso firmado pela NetEye desde a sua fundação, contribuindo para o uso mais consciente das tecnologias.

Sobre a Entidade

A Sociedade Espírita de Recuperação, Trabalho e Educação é uma entidade sem fins lucrativos com sede em Florianópolis. Suas obras sociais envolvem assistência a idosos e crianças abrigados em regime de 24 horas, além de 179 na educação infantil e pré-escolar. Em duas casas espíritas, também desenvolvem o amparo fraterno e religioso para a comunidade.

Imagem: Divulgação/Serte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*