Acesso remoto: guia definitivo para empresas

Acesso remoto: guia definitivo para empresas

Tire suas dúvidas sobre essa prática que vem crescendo nos parques de TI

Para empresas interconectadas, o deslocamento de equipes tem se tornado uma prática dispensável. Soluções tecnológicas transpõem a barreira geográfica com objetivo de oferecer mobilidade aos colaboradores. É assim que o acesso remoto conquista cada vez mais espaço nas estratégias de gestão corporativa.

A possibilidade de controlar computadores à distância beneficia não apenas o departamento de TI, mas a estrutura organizacional como um todo. Além disso, negócios de diversos portes e setores encontram vantagens na utilização do serviço. Basta considerar o tempo e o dinheiro gastos para garantir a presença física de profissionais em situações rotineiras.

Se você está pensando em implementar o acesso remoto no seu parque de máquinas, leia este guia. Selecionamos informações que devem ser levadas em conta na hora de decidir sobre a aplicação do recurso.

O que é acesso remoto

Embora já disseminado entre profissionais de tecnologia, o conceito de acesso remoto precisa ser retomado de antemão. Podemos entendê-lo como uma ferramenta que permite ao usuário acessar dados de maneira remota. Mais do que isso, a solução oportuniza que uma máquina assuma controle total sobre outra.

A conexão acontece a algumas mesas de distância ou, inclusive, em lados extremos do planeta. Os dispositivos controlador e controlado podem ou não estar ligados na mesma rede. Perceba que não é necessário haver qualquer vínculo físico entre eles. Mais adiante, veremos as duas formas de estabelecer uma conexão remota.

Resumindo, significa que você conseguirá comandar o mouse e teclado daquela estação de trabalho. Visualizar as pastas existentes, editar documentos, transferir arquivos e instalar programas são algumas ações viabilizadas pelo recurso. Funciona, basicamente, como se estivesse de fato em frente ao equipamento.

Acesso remoto para empresas

Com a transformação digital das empresas e complexificação da sua infraestrutura tecnológica, os computadores chegaram ao cerne dos processos operacionais. O acesso remoto surge, no respectivo contexto, como um artifício para otimizar atividades e tarefas mediadas por tais equipamentos.

A seguir, veremos situações nas quais a ferramenta se faz útil:

Suporte técnico via acesso remoto

O time de suporte vive sobrecarregado por demandas internas. Além dos horários previamente agendados, imprevistos surgem com frequência. Quando instruções por e-mail e telefone não resolvem a situação, é inevitável que o especialista se encaminhe até a estação de trabalho problemática para explorar o ocorrido.

Seja um atendimento no escritório vizinho ou em diferentes unidades da empresa, deslocamentos prejudicam o desempenho da equipe de TI.

Desafogar a rotina dessa área, portanto, consiste em uma das principais funções do acesso remoto. Ao invés de enfrentar os inconvenientes da prestação de assistência local, o técnico assume controle do computador comprometido sem deixar a própria sala.

Prestação de serviços à distância

A terceirização da TI é recorrente entre empresas que não têm condições ou interesse de investir em uma equipe interna. Ademais, o outsourcing pode se mostrar útil quando há demanda por soluções que estão em falta no departamento.

Ao contratar serviços externos, seja parcial ou integralmente, é imprescindível contar com uma ferramenta de acesso remoto. Essa é a melhor forma para estabelecer a troca de informações entre contratante e contratado.

Afinal, quem busca assessoria especializada quer otimizar os processos que envolvem a infraestrutura tecnológica da organização. Esperar que uma equipe terceirizada chegue até o local para fazer manutenção dos equipamentos, certamente, irá de encontro à ideia.

Área de trabalho remota

Com a popularização do formato de trabalho remoto, vem crescendo também a procura por ferramentas que auxiliem no home office. O colaborador precisa ter à disposição todos aqueles recursos que fazem parte da sua rotina profissional.

Por mais que muitas atividades sejam realizadas na nuvem, há ferramentas e arquivos importantes que ainda ficam armazenados localmente. Encontrar pastas e utilizar programas licenciados no computador da empresa são justamente algumas funções que o acesso remoto oferece às equipes.

Representantes da empresa que realizam atividades externas, igualmente, desfrutam da chance de acessar remotamente suas áreas de trabalho.

Comunicação entre usuários

Validar uma apresentação nova com o gestor, compartilhar uma descoberta com os colegas ou demonstrar procedimentos ao subordinado. Casos que costumam envolver a troca de infinitas mensagens, o agendamento de reuniões e o deslocamento de um usuário até o mesa de outro.

Sem dúvida, o acesso remoto contribui para que as equipes se comuniquem melhor e evita desvios de foco habituais nesses momentos. Você vai direto ao ponto, sem maiores obstáculos.

Chega de depender de pendrives ou sistemas de armazenamento que nunca têm espaço suficiente. Chega de discussões que ocupam uma hora por semana da sua agenda e conversas paralelas que o afastam do seu objetivo.

Vantagens em utilizar acesso remoto

As vantagens do acesso remoto variam conforme a função que essa ferramenta assumirá na sua empresa. Você pode decidir aplicá-la com um objetivo específico, mas vale a pena entender todos os benefícios de investir na prática.

Atendimento instantâneo:

Tanto para prestação de suporte interno quanto para atendimento externo, o acesso remoto elimina aquele tempo de espera com o deslocamento. Basta solicitar apoio técnico e, assim que houver disponibilidade do atendente, o usuário será respondido. Nada de ficar empenhado por horas por conta do técnico que não chega.

Facilidade na resolução de problemas:

Por falta de conhecimento ou habilidade de comunicação, o usuário do computador pode vivenciar dificuldades ao reportar um erro. Em decorrência, o especialista também enfrentará complicações para identificá-lo. Resolver um problema fica mais fácil com a oportunidade de visualizá-lo em tempo real.

Redução de custos com deslocamentos:

O preço da gasolina, os custos com hospedagem e alimentação, além dos riscos de trânsito. Apenas algumas despesas com as quais a empresa precisa arcar ao deslocar um funcionário. Reduza todos esses gastos, que pesam no orçamento do setor de TI, ao aderir à prática do acesso remoto.

Aumento de produtividade na TI:

Dá para reduzir o tempo de resposta e a fila de chamados para, finalmente, atingir as metas do mês. O acesso remoto reduz gargalos na rotina da TI, aumentando a produtividade do time. Por outro lado, se os técnicos forem obrigados a zanzar de uma sala para a outra durante o dia, é provável que não consigam vencer a demanda.

Mobilidade para as equipes:

Queremos trabalhar a partir de casa, do coworking, do aeroporto, da cafeteria. A tendência veio para ficar, e a presença dos dispositivos móveis no âmbito corporativo só reforça esse contexto. Uma ferramenta de acesso remoto vai garantir que você consiga trabalhar, independente do espaço em que se encontre.

Como estabelecer a conexão remota

No intuito de estabelecer a conexão entre dois computadores, você precisa dispôr de uma ferramenta para acesso remoto. Pode ser um software, aplicativo, plugin, serviço do seu sistema operacional. O procedimento padrão exige que a ferramenta seja instalada e/ou ativada em ambas as pontas: no dispositivo controlador e no dispositivo host.

Não importa se você optou por uma solução paga ou gratuita, existem dois meios de estabelecer a conexão remota:

  • Rede privada: A primeira alternativa indica que sua conexão remota será realizada via LAN (rede de área local). Ou seja, ideal para acessar dados de máquinas e/ou servidores de armazenamento que estão dentro de um mesmo domínio e range de IP.
  • Rede pública: A segunda alternativa diz respeito ao acesso remoto via internet, útil para se conectar em servidores privados a partir de uma máquina que está fora da rede local.

Quando contratar uma ferramenta de acesso remoto

Contratar uma ferramenta especializada é fundamental para assegurar a qualidade do acesso remoto na sua empresa. Porém, talvez você ainda fique reticente sobre a real necessidade de investir. Para lhe ajudar a entender se esse é o momento de adquirir uma solução paga, vamos abordar cinco situações que evidenciam a urgência de implementar a prática:

  1. O departamento de TI gasta muito dinheiro com deslocamentos e sofre pressões da diretoria para reduzir custos.
  2. O período de resposta e resolução dos chamados está longo demais, deixando os computadores indisponíveis e os trabalhadores ociosos.
  3. Sua empresa quer implementar um modelo de home office. Logo, precisa aprimorar os procedimentos de conexão e comunicação remota.
  4. O time de suporte técnico está sobrecarregado de demandas e fica apagando incêndios, sem conseguir estabelecer prioridades.
  5. O acesso remoto tem sido feito com ferramentas inseguras que deixam a rede interna vulnerável, além de comprometer a integridade das informações.

Qual é a solução de acesso remoto ideal

Nós discutimos anteriormente aqui no blog se vale a pena investir em um programa de acesso remoto. É claro que isso dependerá do objetivo e cenário da organização, conforme apontado no tópico anterior. Recursos como a área de trabalho remota, por exemplo, são oferecidos por navegadores de internet e não requerem investimento. Sistemas operacionais também oferecem ferramentas nativas, embora não sejam 100% confiáveis.

Todavia, uma vez que a sua empresa queira escalar a prática e esteja pesquisando pela solução ideal, fique atento aos três fatores que influenciarão na qualidade do acesso remoto:

Velocidade

A rapidez do acesso remoto está atrelada à qualidade da sua conexão com a rede. Ao mesmo tempo, alguns softwares podem apresentar uma interface pesada que irá prejudicar a transferência de informações. Opte por plataformas leves, que não comprometam a velocidade operacional.

Usabilidade

Visto que essa ferramenta fará parte da sua rotina, escolha a solução que lhe oferece uma boa experiência do usuário. Há softwares que demandam maior ou menor nível de conhecimento para instalação, distribuição, atualização e administração do sistema.

Segurança

Critério indispensável, um sistema de segurança eficiente coíbe o vazamento de informações sensíveis e invasões ao seu ambiente. Entenda quais são os métodos de login, criptografia e autorização de acesso empregados pela ferramenta.

Boas práticas na utilização do acesso remoto

Em suma, acesso remoto compreende a visualização e o controle de dispositivos à distância. A regulamentação desse mecanismo no seu ambiente corporativo é primordial para que não ocorra o uso indevido do mesmo. Como efeito, criar normas de segurança deve ser uma prioridade à medida que a prática começa a ser incorporada.

Recomendamos que os seguintes aspectos sejam esclarecidos: qual solução foi escolhida para realização do acesso remoto, o horário em que a conexão ocorrerá, a origem do acesso, bem como o motivo do procedimento e as ações realizadas no período.

É aconselhável que o acesso remoto não seja efetuado sem demanda do usuário. Ademais, solicitar permissão antes de executar o acesso previnirá a empresa de infringir leis de privacidade.

Por que escolher o NetEye

Nosso software é a ferramenta ideal para prestação de suporte técnico via rede local. Quer saber por quê? Confira a lista funcionalidades abaixo e não deixe de testar o NetEye gratuitamente para validá-las no seu ambiente.

Acesso remoto com rastreabilidade

O NetEye gera relatórios listando as ações realizadas pelo técnico durante um acesso remoto, para que você possa manter registros dos atendimentos. Assim, consegue-se identificar quais procedimentos foram eficientes ou não para a resolução do problema.

Diagnóstico de desempenho

Verifique, durante o acesso remoto, qual é o desempenho do disco rígido ou do processador na máquina acessada. Conveniente para validar se as dificuldades enfrentadas pelo usuário se relacionam à performance dos componentes.

Permissões para acesso remoto

Você é capaz de definir se o acesso remoto será executado mediante autorização do colaborador, ou não. Diferentes permissões podem ser aplicadas dependendo do setor em que a estação de trabalho se encontra, ou mesmo do nível hierárquico do seu proprietário.

Consulta ao inventário de TI

Quer saber quais foram as últimas atualizações realizadas no sistema do computador, ou quais softwares estão instalados nele? Esses dados provavelmente serão úteis durante a prestação de suporte, e estão disponibilizados em um banco de dados central.

Acessos simultâneos

Proporciona o acesso a várias máquinas simultaneamente. Vantajoso para chamados urgentes que surgem enquanto o atendimento atual está em aguardo.  E, eventualmente, colabora para tratar problemas semelhantes em diferentes estações.

Listagem de usuários disponíveis

Em contraste com grande parte das ferramentas oferecidas no mercado, o NetEye disponibiliza uma relação com todas as estações de trabalho conectadas à rede. Dispense a solicitação de credenciais sempre que precisar acessar o computador do usuário.

Envio de enquetes e mensagens

Dá para mandar mensagens e lançar enquetes por intermédio da Console NetEye. O envio e recebimento de informações é simplificado com um editor nativo do software. Pare de usar o telefone e o bloco de notas para se comunicar com o host.

Mosaico de telas

Por fim, implemente sua política de monitoramento com a visualização de um mosaico de telas. Ele opera feito um sistema de câmeras de vigilância, através do qual é possível conferir as atividades dos computadores a cada 2 segundos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*