Por que você deve adotar os hábitos japoneses de organização

Por que você deve adotar os hábitos japoneses de organização

A filosofia que coloca o Japão entre os países mais competitivos do mundo

Figurando entre os países mais competitivos do mundo, o Japão cultiva alta produtividade no trabalho. Eficiência conquistada pelo estilo de vida dos seus habitantes, cujos princípios básicos transpõem os âmbitos pessoal e profissional para a construção de um sistema em equilíbrio. A organização é um dos pilares da cultura nipônica e nesse artigo veremos por que ela é tão importante.

Mesmo com a distância geográfica, nosso imaginário está repleto de referências sobre o Japão. Seja pelas visitas aos restaurantes de comida japonesa, os filmes de karatê ou a tecnologia de ponta que chega aqui, agregamos conhecimento em relação aos hábitos desse povo. E tudo remete à ordem.

No Brasil, a organização japonesa se popularizou principalmente em relação ao lar. Para os japoneses, a disciplina começa logo na entrada de casa, ao tirar os sapatos. Seguem-se, então, muitos rituais de organização que rendem inúmeros best sellers. Quem não está precisando daquela arrumação após um ano corrido? Recentemente, as estratégias de organização de Marie Kondo ganharam as livrarias do país.

Autora do livro “A mágica da arrumação”, Marie elenca etapas para a organização doméstica. O mais importante, porém, é que a limpa sugerida pela japonesa não impacta somente as nossas moradias. Ela defende que um meio em ordem repercute no organismo do ser humano e no seu estado de espírito, melhorando a qualidade de vida como um todo.

Este constitui o ponto central da organização japonesa: não são práticas isoladas, mas sim um padrão de comportamento que visa produzir e manter a harmonia no cotidiano.

Em nível empresarial, a organização está fortemente relacionada ao termo Kaizen — filosofia oriental de melhoria contínua. Significa estar sempre em busca do aprimoramento. O método demanda comprometimento de todos os indivíduos que compõem uma empresa para que, assim, as engrenagens funcionem ritmadas. Trabalho grupal com o objetivo comum de otimizar processos.

Dentro da metodologia Kaizen encontramos os famosos 5S, necessários para a manutenção de um ambiente funcional. Os 5S provêm das palavras Seiton (Utilização), Seiri (Arrumação), Seiso (Limpeza), Seiketsu (Higiene) e Shitsuke (Disciplina), que por sua vez se ligam à ideia de harmonia. Cada palavra indica uma fase do programa tão aderido por empresas, em busca do combate ao desperdício e melhor aproveitamento de recursos.

Os 5S da organização japonesa

Como uma lógica universal, o programa pode e deve ser aplicado em todas as instâncias da sociedade. O segredo está no caráter cíclico da organização proposta pelos japoneses, onde incorporamos a prática aos nossos demais hábitos e nunca paramos de executá-la. Você evita fechar mais um ano com projetos engavetados, prometendo ser mais organizado no período que está por vir.

Quem se organiza ganha autonomia no caos da rotina, qualidade de vida e eficiência. Os japoneses entendem a importância da organização para a saúde do corpo social e por isso a ensinam logo na infância.

Mas nunca é tarde para se reeducar. Incorporar atitudes, métodos e ferramentas mais inteligentes ao seu dia a dia.

O NetEye é uma solução de gestão integrada que pode lhe auxiliar na organização do seu tempo. Elimine inventários manuais, deslocamentos da equipe de TI e retrabalho com a perda de informações. Meça, com exatidão, a produtividade de cada membro na sua empresa. Você pode testar todas essas funcionalidades por um período de 14 dias, para até 14 máquinas, clicando aqui.

Imagem: Freepik

One thought on “Por que você deve adotar os hábitos japoneses de organização


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*